Make your own free website on Tripod.com
XV Copa do Mundo da FIFA - 1994
Óscar Córdoba
Home

oscar-cordoba1.jpg

 
Óscar Eduardo Córdoba Arce (nascido em 3 de Fevereiro de 1970 em Cali, Colômbia), é um goleiro colombiano que já atuou mais de 70 vezes pela seleção de seu país.
 
Córdoba estreiou na carreira profissonal pelo Atlético Nacional de Medellín em 1988, se transferindo no ano seguinte para o Deportivo Cali e emprestado em seguida para o Deportes Quidío. Em 1991 vai para o Millionários de Bogotá e após uma breve passagem pelo Once Caldas de Manizales em 1993 chega ao América de Cali.
Lá ficou 4 temporadas e foi campeão colombiano em 1997. Isto lhe valeu uma transferência para o poderoso Boca Juniors, onde ficou de 1997 a 2001, tendo sua melhor fase no futebol, jogando a Copa do Mundo de 1998 e vencendo com o Boca, dois torneios apertura do Campeonato Argentino (1998 e 2000), um clausura (1999), duas Copas Libertadores de América (2000 e 2001) e um Mundial Interclubes (2000).
Em 2002 se aventurou no futebol europeu, após breve e apagada passagem pelo modesto Perugia na Itália, ele foi para o Beşiktaş de Istambul, onde dividiu o posto de principal goleiro do Campeonato Turco com outro goleiro colombiano, Farid Mondragón do Galatasaray.
Depois de 4 temporadas lá, foi para o Antalyaspor, onde chegou a anunciar que iria se aposentar.
Porém na temporada seguinte assinou com o Deportivo Cali e em 2008 voltou para o Millionários de Bogotá.
 
Córdoba estreiou na seleção em 31 de Março de 1993 contra a Costa Rica. Com 70 jogos pela Colômbia, é o goleiro com o maior número de aparições na seleção de seu país, ultrapassando o recorde de René Huguita que tinha jogado 68 partidas.
Jogou a última vez pela seleção em 2003, nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2006, quando numa falha lamentável, jogou a bola nos pés de Hernán Crespo que marcou um gol fácil. O jogo acabou 1 a 1, mas Córdoba nunca mais foi chamado.
Com a seleção jogou também duas Copas Américas, em 1993 e em 2001, (quando os colombianos levaram o título em casa) e duas Copas do Mundo (1994 e 1998).

volta à página inicial