Make your own free website on Tripod.com
XV Copa do Mundo da FIFA - 1994
Adolfo Valencia
Home

105106_huge.jpg

 
Adolfo José Valencia Mosquera (nascido em Buenaventura no Vale do Cauca, em 6 de Fevereiro de 1968) é um ex-atacante colombiano.
Apelidado de "El Tren" ou "O trem", devido ao sua enorme força física, jogou em sete países e disputou duas Copas do Mundo.
Valencia iniciou a carreira profissional em 1988 pelo Independiente de Santa Fé e após cinco anos foi vendido ao grande clube alemão do Bayern München, e na única temporada no clube bávaro foi artilheiro da equipe e campeão da Bundesliga.
Na temporada seguinte foi defender o Atlético de Madrid, onde foi envolvido num sério incidente com o polêmico presidente do clube Jesús Gil y Gil. Após uma partida contra o Logroñés, onde o colombiano tivera rendimento bem abaixo do normal, Jesús Gil y Gil teria dito: "O negro devia ter a garganta cortada!". Depois disso retornou ao Independiente de Santa Fé, onde jogou em 1995 e 1996, de lá foi para o América de Cali em 1997, voltou para a Europa para defender o Reggiana da Itália em 1997, voltou para a Colômbia desta vez para o Independiente Medellín em 1998. Em 1999 foi jogar na Grécia pelo PAOK, em 2000 foi para o New York MetroStars dos Estados Unidos, em 2002 teve rápida passagem pelo Independiente de Santa Fé e logo foi para a China jogar no Zhejiang Lucheng. Em 2003 foi emprestado ao Unión Atlética Maracaibo da Venezuela e logo retornou ao seu clube chinês, encerrando a carreira lá em 2004.
 
Na seleção estreiou em 1993, jogando as Copas do Mundo de 1994 (marcando dois gols nas derrotas contra Romênia e Estados Unidos) e de 1998.
Ao todo pela seleção marcou 14 gols em 37 jogos.

volta à página inicial