Make your own free website on Tripod.com
XV Copa do Mundo da FIFA - 1994
Miodrag Belodedici
Home

696-118431-belodedici.jpg

 
Miodrag Belodedici (Socol, 20 de maio de 1964) é um ex-futebolista romeno.
 
Debutou em 1992, no Steaua ("Estrela", em romeno), clube da capital, Bucareste. Foi tetracampeão romeno consecutivamente, em 1985, 1986, 1987 e 1988. Em 1986, também fez parte da primeira equipe do Leste Europeu (e única romena) a conquistar a Copa dos Campeões da UEFA, batendo o Barcelona na Espanha na final.

Desejando, entretanto, jogar por outro Estrela, o Vermelha de Belgrado, time que torcia na infância (possui origem sérvia. Seu nome é uma adaptação ao romeno do original em sérvio cirílico Миодраг Белодедић, "Miodrag Belodedić"), Belodedici desertou do país em 1988 - quando regime ditatorial de Nicolae Ceauşescu ainda governava o país - para a mais moderada Iugoslávia.

Após ser visto em Belgrado, tentou imediatamente contactar os dirigentes do Estrela, que o contrataram após constatarem sua participação no título europeu de 1986. Belodedici acabou condenado in absentia na Romênia a dez anos de prisão, pena extinta após a Revolução Romena de 1989.

No Estrela, ganhou sua segunda Copa dos Campeões em 1991, a primeira e única de uma equipe iugoslava (e, por conseguinte, sérvia) - o que faz dele o único a participar dos dois títulos de equipes da Europa Oriental no mais importante torneio de clubes do continente.

Após o título da Copa dos Campeões, Belodedici passou a ser assediado nos principais centros europeus, e em 1992 fechou com o Valencia. Na Espanha, passaria ainda por Real Valladolid e Villarreal, saindo do país em 1996 para jogar no Atlante, do México.

Retornou ao Steaua em 1998 e encerrou lá encerrou a carreira, em 2001, após conquistar seu quinto campeonato romeno.

O primeiro jogo ocorreu em 1984. Com a sua deserção em 1988, Belodedici ficaria os próximos quatro anos sem ser chamado, voltando em 1992 a ser convocado pela Seleção Romena (o que lhe custou a presença na Copa do Mundo de 1990). Foi chamado para a Copa do Mundo de 1994, no que acabou sendo sua única Copa; embora os romenos tenham surpreendentemente chegado às quartas-de-final, eliminando no caminho a Argentina, foram eliminados nas disputas por pênaltis pela Suécia - e Belodedici acabou perdendo a cobrança decisiva.

Um ano antes de encerrar definitivamente a carreira, jogara pela Romênia seu último torneio, a Eurocopa 2000. Não chamado para a Copa do Mundo de 1998, havia disputado também a Euro 1996.

volta à página inicial