Make your own free website on Tripod.com
XV Copa do Mundo da FIFA - 1994
Lothar Matthäus
Home

matthaeus.jpg

Lothar Herbert Matthäus (pronuncia-se Matheus) (Erlangen, 21 de março de 1961) é um ex-jogador de futebol alemão, exercendo a função de treinador de futebol desde que deixou os gramados. Matthäus foi eleito como melhor jogador de futebol europeu em 1990, após a vitória da Alemanha Ocidental na Copa do Mundo. É o europeu que detém o maior número de participações em Copas do Mundo como jogador: cinco no total (1982 a 1998). Em 82, na Espanha, foi vice-campeão com a seleção alemã, perdendo a final para a Itália, por 3x1. Em 86, mais uma derrota na final, desta feita para os argentinos, e pelo placar de 3x2. Em 90, na Itália, finalmente o triunfo: liderando uma forte seleção alemã que contava, além dele, com talentos como os goleadores Jürgen Klinsmann e Rudi Völler, os meias Pierre Littbarski e Thomas Hässler e o lateral-esquerdo Andreas Brehme (autor do gol do título, de pênalti, na vitória por 1x0 sobre os mesmos argentinos que os derrotaram quatro anos antes), Matthäus se consolidou como um dos maiores jogadores de seu tempo. Dono de um fortíssimo chute de perna direita, era também um articulador de jogadas muito lúcido, alem de ser considerado por muitos o melhor jogador da historia do futebol alemão.

Lothar Matthäus trabalhou como treinador no clube brasileiro Clube Atlético Paranaense, conhecido como Furacão, no primeiro semestre da temporada 2006.

Para a temporada 2006/2007 foi apresentado como treinador do clube austríaco Red Bull Salzburg, sendo o diretor-desportivo deste clube Giovanni Trapattoni.

volta à página inicial